como reduzir a inadimplencia
Você sabe quais ações tomar para reduzir a inadimplência?

De acordo com o Serasa, o Brasil tem quase 64 milhões de inadimplente, sendo esse problema uma pedra no sapato de muitos empresários. De fato, a inadimplência pode inviabilizar até mesmo o funcionamento de uma empresa.

Contudo, existem formas de evitar e reduzir o número de devedores de maneira eficiente. Quer saber como resolver problemas de inadimplência? Então, não deixe de ler esse artigo!

Antes de fazer um plano de cobrança, entenda as causas da inadimplência!

 

De nada adianta começar a fazer um plano de cobrança dos clientes inadimplentes se você não entende o que está causando esse transtorno.

Se você pular essa etapa, não vai conseguir sanar o problema na raiz e, com certeza, ele voltará a ocorrer.

Ao contrário, se você se dedicar a entender os motivos da inadimplência de seus clientes, poderá identificar os pontos fracos de seu sistema de pagamento e aperfeiçoá-lo.

Mas, afinal, como fazer esse estudo de maneira a tornar sua empresa à prova de maus pagadores?

Esse levantamento pode ser feito caso a caso, permitindo a identificação das causas da inadimplência.

Ademais, o estudo dessas causas também possibilita observar percentual de inadimplentes e o quanto isso gera de ônus para uma empresa.

 

Elabore um plano de ação para cobrança de inadimplentes

 

Depois de identificadas as causas da inadimplência, você poderá elaborar um plano de ação consistente para reduzir o percentual de compras não pagas.

Existem diversas medidas que podem ser adotadas para que seu plano seja consistente e eficaz.

Nos tópicos a seguir, mostramos como você pode ter um sistema de cobrança eficiente para auxiliar no controle financeiro do seu negócio. Confira!

 

Faça uso das réguas de cobrança

 

Uma régua de cobrança nada mais do que um conjunto de procedimentos padronizados que devem ser seguidos na hora de cobrar clientes.

Entre os principais elementos que compõem uma régua, podemos mencionar os seguintes:

·         Datas específicas para cobrança;

·         Envios de mensagens por diversos canais (e-mail, SMS, WhatsApp, etc.);

·         Detalhamento de faturas em aberto;

·         Tempo a ser obedecido entre vencimento e cobrança.

Em outras palavras, é importante que a equipe responsável pela cobrança saiba como fazer esse procedimento

Ademais, o ideal é que o cliente seja devidamente alertado em tempo hábil, por diversos canais.

 

Tenha um histórico de pagamento dos clientes

 

“Manter um histórico de pagamento dos clientes é uma forma de conhecer melhor sua clientela, de maneira a se precaver de calotes e oferecer condições de pagamento especiais.”

Em outras palavras, esse recurso permite que você tenha um sistema de cobrança com um atendimento mais personalizado, de acordo com o perfil de cada cliente.

Muitas vezes, um atraso em um pagamento não significa que o cliente é inadimplente. O histórico de pagamento desse cliente pode revelar que ele sempre paga o que deve, embora atrase a quitação do débito.

Nesse caso, não é recomendado iniciar o procedimento de cobrança. Por outro lado, se o histórico do cliente em questão apresenta dados insuficientes por seu muito recente, pode-se iniciar a cobrança.

É importante ressaltar, ainda, que é por meio do histórico que você poderá classificar seus clientes dentro de determinados perfis, a fim de avaliar mais facilmente o risco em cada caso.

Atualmente, o histórico pode ser mantido por meio de sistemas informatizados, que possibilitam uma análise rápida dos perfis dos clientes.

 

Utilize softwares para facilitar a gestão da inadimplência

 

Ter um bom plano de cobrança passa pela adoção de softwares que auxiliam no controle da inadimplência.

Uma das soluções mais usadas para controle desse problema é o CRM. Por meio dessa ferramenta de gestão, você pode avaliar todo o histórico de relacionamento da sua empresa com seus clientes.

Outro programa muito utilizado para reduzir a inadimplência é o ERP, o qual pode ser integrado ao CRM. A seguir, explicamos alguns dos benefícios dessa ferramenta.

Automação da cobrança

A maioria dos softwares ERP do mercado permite a automação do processo de cobrança, com o envio de mensagens e alertas dentro de um período de tempo específico.

Facilita a análise do histórico de clientes

Um bom ERP permite que você visualize todas as informações atualizadas sobre um cliente em um único local, de maneira a agilizar a análise.

Régua de inadimplência incluída

Muitos dos sistemas de ERP do mercado possuem réguas de inadimplência que possibilitam análises gráficas da situação dos clientes e orientam a ação a ser tomada de acordo com cada caso específico.

 

Evitar a inadimplência é melhor do que lidar com ela

 

Tão importante quanto ter um bom plano de cobrança é saber como evitar os clientes inadimplentes e diminuir os riscos nas operações. A seguir indicamos algumas formas de evitar esse problema. Veja!

Faça análises de crédito

Por meio de uma análise de crédito, é possível saber como está a situação financeira de um cliente. Esse tipo de análise permite que verificar se uma pessoa está negativada e analisar seu histórico de pagamentos.

Incentive as compras por cartão de crédito

Alguns empreendedores desencorajam as compras com cartão devido as taxas cobradas a cada transação. Contudo, eles esquecem que vendas feitas por esse meio de pagamento garantem o recebimento dos valores.

“Nos casos de operações com cartão não pagas, sua empresa não precisa fazer a cobrança, haja vista que esse papel é assumido pelas operadoras de cartão.”

Ofereça benefícios nas compras à vista

As compras à vista evitam a inadimplência. Para fazer com que seus clientes optem por essa forma de pagamento, ofereça descontos ou outros benefícios. Com certeza, essa iniciativa terá um retorno para seu negócio.

 

Invista em soluções para a inadimplência! A saúde financeira da empresa agradece

 

A essa altura, você já deve ter concluído que investir em formas de reduzir ou evitar o problema dos clientes inadimplentes propicia um maior controle das finanças do seu negócio.

É importante, ainda, identificar as causas da inadimplência e adotar medidas para evitar que esse problema coloque em risco a própria sobrevida do negócio. Fique esperto!

 

E você, quais soluções e procedimentos adota em sua empresa para manter a inadimplência sob controle? Comente!