Como montar um e-commerce

Muitos novos empreendedores decidem, atualmente, começar seus negócios não mais no ambiente físico, mas no ambiente online.

E não é para menos, já que os benefícios de montar uma loja virtual são muitos, sendo a economia e a facilidade na execução dos negócios os principais.

Para montar uma loja virtual você não precisa de muita burocracia e você não precisa desembolsar muito dinheiro para começar.

Ficou curioso? Saiba mais sobre como montar um e-commerce do zero mesmo você sendo iniciante.

 

Passo #1 para montar um e-commerce do zero: Escolha um nicho de mercado

Talvez esse seja o primeiro e mais importante passo para montar uma loja virtual. Já há muitas empresas no ramo de e-commerce brasileiro e, por isso, alguns segmentos de mercado podem estar saturados.

Seja o mais específico possível no que e para quem você deseja vender.

Por exemplo, ao invés de entrar em um segmento como moda e vender todo tipo de roupa, prefira escolher um nicho de mercado específico como moda esportiva, moda para crianças, etc.

Analise as demandas do Mercado para e-commerce e entregue em uma com chance de sucesso e retorno. Há muitas demandas específicas de Mercado que podem ser exploradas.

 

Passo #2 para montar um e-commerce do zero: Planeje uma estratégia

Faça um projeto bem estruturado para o seu e-commerce.

  • O que você vai vender?
  • Como você vai vender?
  • Como será seu suporte e atendimento?
  • Qual seu diferencial mediante a concorrência?
  • Quanto você vai investir e quanto planeja obter de retorno?

Faça uma projeção das etapas do projeto com data e valor que será investido. Analise, estude e opte pelas estratégias que mais se alinharem aos seus objetivos e sucesso do seu negócio.

 

 

 

Passo #3 para montar um e-commerce do zero: Escolhendo domínio e plataforma

O domínio é endereço da sua loja virtual e é por ele que as pessoas irão procurar e acessar o seu site.

Por isso, é muito importante que o nome da sua loja virtual esteja no domínio, por exemplo: www.nomedalojavirtual.com.br

É preciso, antes de tudo, verificar a disponibilidade do domínio para saber se o que você escolheu pode ser utilizado.

Se já houver o domínio registrado, o ideal é pensar em mudar o nome da sua loja para algum com o domínio disponível ou mudar a estratégia inserindo algum nome ou palavra que possa ser usado, ou utilizar outra versão que não seja “.com.br.”

Além do domínio, é muitíssimo importante escolher bem a plataforma para hospedar a sua loja virtual.

São várias plataformas para e-commerce e no começo você pode ficar perdido, e não basta escolher qualquer uma.

A melhor plataforma para hospedar sua loja virtual precisa ter:

Acessibilidade e facilidade de manuseio

Se você está começando, é ideal que a plataforma seja fácil de manusear e você consiga fazer isso sozinho.

Integração

A plataforma precisa ser de fácil integração ao site da loja. Algumas plataformas de e-commerce, inclusive, permitem que também seja criado um site do zero junto com o e-commerce em algumas etapas simples.

Recursos e funcionalidades

Escolha a plataforma que apresente o maior número de recursos disponíveis nos planos básicos. Veja como são os processos de compra na plataforma, as opções de segurança (certificado SSL, importantíssimo) e se há integração com gateways de pagamento.

Suporte

É essencial que a plataforma disponha de um bom serviço de suporte e atendimento.

Porque, no começo, provavelmente você precisará tirar muitas dúvidas e é preciso que a plataforma conte com um atendimento rápido e satisfatório.

 

Passo #4 para montar um e-commerce do zero: Projete sua loja

Depois de escolhida a plataforma para e-commerce que você vai usar, é hora de projetar sua loja.

Nessa parte você irá escolher o layout, as cores, colocar o nome da loja e seu logotipo, criar uma página de termos e serviços, sobre e contato, criar categorias e começar a adicionar seus produtos.

Escolha um layout com funcionalidades e cores pertinentes ao seu negócio e seu nicho. Determine uma paleta de cores e seja equilibrado.

Lembre: Crie algo que o cliente possa navegar pelo seu site sem problemas e que não seja visualmente cansativo.

 

Passo #5 para montar um e-commerce do zero: Decida como irá precificar os produtos e como será o pagamento

Primeiramente, decida como você irá precificar seus produtos, e nisso você precisa incluir nos custos o que foi gasto com materiais por produto, o valor da hospedagem na web, os impostos cobrados para e-commerce e taxas inclusas nas formas de pagamento (link para artigo sobre como negociar taxas e juros).

Depois disso, é preciso saber quais formas de pagamento sua loja virtual aceitará: apenas transferência eletrônica e boleto? Você pretende aceitar cartão de crédito?

Nessa parte, faz-se muito importante escolher um bom gateway de pagamento para fazer essas integrações nas transações financeiras da sua loja.

 

Passo #6 para montar um e-commerce do zero: Decida qual tipo de frete você irá utilizar

Você vai utilizar o sistema de entrega do Correio ou pretende optar por uma transportadora? Você vai arcar com o frete ou o cliente?

É muito importante decidir isso de antemão e escolher o sistema de frete que for mais vantajoso, possível e econômico para você.

Grande parte das entregas de e-commerce brasileiros são feitos pelo Correios, mas eles têm uma política rígida, sendo que algumas empresas poderão não se encaixar, tendo que optar pelas transportadoras.

 

Conclusão: Agora é com você!

Após todas essas etapas você vai precisar focar apenas na divulgação da sua loja virtual e fazê-la funcionar perfeitamente.

Invista em marketing digital, mantenha uma boa reputação com seus clientes (fidelize-los!), e se faça conhecido no Mercado.

Tendo respeito e mostrando profissionalismo sempre para o cliente, facilmente você irá conquistar autoridade no Mercado e sua loja virtual se tornará referência.